DRESS CODE para Eventos.

DRESS CODE para Eventos.

“O que vestir em determinada ocasião? Como saber se estou à caráter pra determinado evento? ”

Afinal, com que roupa eu vou?

Sim, essa é uma das perguntas quando existe dúvidas relacionadas à vestimenta para determinado evento e/ou ocasião. Nada mais que normal, afinal, nem sempre as pessoas estão acostumadas a receber no convite o dress code solicitado.

Mas, antes de mais nada: o que é o dress code?

Dress Code é o código de vestimenta adequada para determinada ocasião, separado em:

Traje Esporte, Traje Passeio (ou Esporte Fino), Traje Social (Ou Passeio Completo) e Black Tie (Gala ou Rigor), podendo ainda variar com nomenclaturas em francês.  Ele funciona como um código de etiqueta que serve para orientar o que vestir em cada ocasião, considerando perfil e estilo de evento que se é convidado.
Embora muito seja pesquisado pelas pessoas na internet sobre o assunto, quando aplicamos o dress code com nossos clientes, a conduta vai muito além do que a etiqueta diz ou nos mostra como “regra”.

Consideramos o fator cultural, além da avaliação do local, espaço, as pessoas convidadas bem como a mensagem que cada cliente deseja passar, sendo esses alguns dos pontos primordiais e relevantes na composição de cada look. Ou seja, sabendo que a comunicação que passamos é 80% iniciada a partir da nossa imagem – trabalhar estes itens são mais que importantes: eles formam a percepção que os outros terão a nosso respeito.

Não diferente foi o recente casamento entre Marina Ruy Barbosa e Xande Negrão. Além de um casamento tradicional e muito pomposo, foi um evento que prometia likes e post’s vendendo não apenas a imagem de quem estivesse lá, mas também de todos os fornecedores envolvidos. Muitos convidados famosos, diversos cliques e hashtags infinitas. Ocasional? Nem um pouco.

Para a cerimônia que iniciou às 15:30h e aconteceu ao ar livre, o vestido da noiva estava impecável. Mas como não estaria? Explicamos!

Assinado por Dolce & Gabbana, Marina usava um vestido longo tomara-que-caia, com saia de tule e corpo de corselet, com recorte tradicional e que demonstra tão bem o seu estilo romântico. O mesmo percebido através da maquiagem cuidadosa, leve e angelical, além do cabelo semi-preso e com enfeite de flores naturais. A altura da saia do vestido foi muito cuidada, deixou a noiva confortável para dançar e recepcionar seus convidados sem que o calçado estive aparecendo (são detalhes pequenos como este que muitas vezes podem estragar o todo, especialmente num evento tão importante). Selando o look de Marina estava o seu longo véu: mais de 2 metros de tule com bordados exclusivos. E aí mais um detalhe que nos chama a atenção: embora tenha apenas 22 anos (uma idade considerada bastante nova para quem casa atualmente) esta peça denota a personalidade marcante da jovem atriz e blogueira do mundo artístico.

Xande Negrão e Marina Ruy Barbosa – Foto reprodução, Instagram Marina Ruy Barbosa

Marina Ruy Barbosa – Foto reprodução, Instagram Marina Ruy Barbosa

O casamento era esperado, foram muitos convidados famosos e das mais diversas áreas. Blogueiras, estilistas, artistas da beleza entre globais e demais convidados que desfilavam seus looks no “red capet” brasileiro.

Mas afinal, o que compõem o dress code para um evento como este?

Como montar um look para um casamento diurno?

Avalie o evento num todo:

  • Como são os noivos? Primam por um estilo mais versátil, rústico ou preferem itens mais luxuosos?
  • Segundo a etiqueta, ainda que o dress code seja Black Tie ou Gala num casamento diurno, sugere-se o uso de roupas mais leves (no casamento de Marina e Xande o convite foi em formato de aplicativo e indicava que a festa seria bastante elegante).
  • Para as mulheres, sugerimos tecidos fluidos, cores em tom pastel, composições que não “pesem o visual” e em geral peças sem brilhos excessivos ou pedrarias exageradas.
  • O comprimento dos vestidos pode variar, ficando entre midi e longo; para crianças e adolescentes podendo ficar na altura dos joelhos.
  • Estampas são bem-vindas, especialmente quando apresentadas em materiais nobres: crepes de seda, tafetá entre outros; e tecidos com bom caimento/textura.
  • Sempre é importante avaliar quem vai, como será o evento e o local, especialmente. Marina deixa claro que saltos são possíveis (uma excelente informação – já que muitas festas ao ar livre podem ocorrer em gramados ou locais com desnível e não é indicado o uso de salto fino).
  • Para os homens, além do uso de camisa e paletó – ou mesmo o uso de colete apenas quando o traje não é solicitado – indicamos cores mais leves para o dia.
  • Tonalidades de azul e do cinza são uma excelente opção para quem não quer ousar e se sente mais confortável num look tradicional. A cor preta é indicada em geral para festas à noite. O mesmo acontece para tecidos cintilantes tanto nas camisas como nos trajes masculinos: prefira os de padrão opaco para o dia.
  • Gravatas e lenços mais claros, ou com estampa e cores mais vivas podem ser uma boa pedida. O mesmo para os calçados que podem ser de outra cor que não o preto. Acessórios com uma pegada moderna como presilhas e pin’s complementam muito bem os looks masculinos.

Print do “convite-aplicativo” da festa. Foto: Reprodução

 

Giovanna Ewbank, Bruno Gagliasso e Titi – Foto reprodução / Instagram Giovanna Ewbank.

Padrinhos e daminha como sugere a etiqueta: o casal em tons claro (ela com vestido Carlos Miele,  de construção simples mas detalhes bem elaborados, como 0 drapeado frontal – ele com terno de corte slim e gravata clara, desenhada especialmente para os padrinhos) e a menina Titi com um vestido de estampa floral Dolce & Gabbana.

Bruna Marquezine– Foto reprodução /Instagram @nanarude

E um dos looks mais comentados da festa foi o da atriz Bruna Marquezine.

Usando um vestido fluido com degradê de preto para branco e exclusivo da marca Dior, ela compunha o look com óculos Lolita (última trend no street style das semanas de moda no hemisfério norte), scarpin com detalhes em animal print e jaqueta perfecto de couro.

A verdade é que todos esperavam que ela estivesse vestida “adequada”. E não estava?

Farei uma breve leitura sobre a imagem de Bruna:

Muito além do gosto pessoal, a primeira coisa a ser comentada é a composição, o todo. Bruna é jovem, possui 22 anos e não tem necessidade de vestir tons ou peças sóbrias. Mais que isso, mantém um perfil com postura e conduta sempre elegante seja no porte, no caminhar, posar (embora não pareça, estes últimos elementos são tão ou mais importantes que o perfil corporal e morfológico de quem veste uma roupa). O vestido de comprimento chá – ou midi (Achou estranho? Este é um termo bastante antigo, hoje falamos que o comprimento desta altura de saia de vestido é midi ou midi alto, como alguns estilistas chamam) estava muito adequado para o evento que, ao ar livre, pedia mais leveza no look. A maquiagem leve preservando a naturalidade, o cabelo solto porém bem arrumado e com penteado onde a risca central alinhava os fios, além dos acessórios na medida certa: jóias delicadas e bem percebidas. Mas o que ela errou? Seria a jaqueta que usou sobre os ombros + o óculos escuro?

Bruna possui em sua rede de instagram mais de 23 milhões de seguidores. Hoje, assina parceria com marcas de moda e tornou-se mais que uma atriz ou celebridade, ela influencia seguidores e consumidores a ter uma vida “como a dela”, possui um instagram digno de uma perfeita fashion digital influencer.

Outro detalhe que não passa despercebido: depois da hashtag #MXWedding qual era a mais comentada nos post’s do casamento? Sim, #Brumar (hashtag usada para o casal Bruna e Neimar). E qual a forma que Neimar foi vestido? Com uma composição tão livre quanto Bruna: calça e paletó cinzas de padronagem quadriculada + camisa branca e chapéu com óculos de sol. E nos pés? Sim usava um tênis esportivo – segundo o dress code, nada adequado para esta ocasião. O que acham?

Daniel Alves, Neymar e Nene. Foto Reprodução / Instagram Neymar

 

Por final, seria Bruna ousada? Irreverente?
Pouco mais que isso: ela mostrou que não precisa “seguir à risca” as regras da etiqueta e do dress code – assim como Neymar com seu estilo e perfil  (que renderia um post à parte por aqui)- e pode colocar um pouco da sua personalidade no look, buscando até mais engajamento de quem consome moda.

Finalizo este texto com o vídeo da entrevista realizada para o programa “Divas no Ar” da Rádio ABC – Grupo Sinos.

Sob o comando de Cristine Foernges e comentado por mim, pela cerimonialista Rita Liziane Vargas da Personalité Eventos e pelo estilista Milton Rodrigues, que possui atelier de marca homônima o tema do programa foi dress code para eventos.

Confira!

Um abraço,
Kamila.

 

No Comments

Post A Comment